5 motivos para sua empresa ter um Site Responsivo

Com tantas pessoas navegando na web via aparelhos móveis, como fazer para que as páginas do seu site, blog e e-commerce funcionem perfeitamente, tanto nessas telinhas quanto nas dos computadores tradicionais? Transformando seu site em Responsivo, facilitando a navegação. Além de que o Google considera se um site é amigável a dispositivos móveis como um dos critérios para escondê-lo.

Se a sua empresa ainda não tem um site responsivo, provavelmente, que o acesso do seu público virtual fique bastante comprometido, isso pode ser negativo para o seu negócio.

O que é Site responsivo?

O site responsivo é aquele que é adaptado inteligentemente para qualquer tipo de resolução, sem perigo de distorções. O design responsivo identifica qual é a largura de cada dispositivo (smartphone, tablet e computador), e através disso, determina o quanto de espaço está disponível.

A navegação fica mais fácil nesse modelo de site, afinal, o usuário não precisará arrastar a tela ou ampliá-la, para localizar alguns botões.

Como funciona?

O fato de seu site rodar em celulares, não os torna responsivo. A verdade é que todo site é capaz de funcionar em um smartphone, porque se trata de um browser (navegador de internet) igual ao do computador comum, no entanto, uma vez que este site não é responsivo, o visitante tem dificuldades de navegar e visualizar as informações com qualidade.

Diferença entre site responsivo e site mobile (web app)

Responsivo é todo o site projetado para ser adaptado para qualquer largura de tela. É uma única estrutura de códigos que funciona em diferentes resoluções.

Uma medida provisória é utilizar plugins, que faz automaticamente um novo layout sempre que um usuário acessa seu site via dispositivo móvel.

Como identificar um site responsivo: Abra o site em um smartphone ou reduzir o seu navegador na horizontal. O site será responsivo se o seu layout se adaptar automaticamente ao novo formato, sem precisar de intervenções manuais para visualizar todas as informações.

01- Melhorar a experiência do usuário

Segundo o Google, se um usuário acessar sua página via dispositivo móvel e não encontrar o que procura, há 61% de chances de ele desistir e partir para outro site.  Faça uma pergunta a você mesmo: Se você abre um site pelo celular e percebe que ele está desalinhado, você fica satisfeito?

02- Crescimento de acessos via mobile

De acordo com as ultimas pesquisas que 79 milhões de brasileiros já têm acessos a internet via celular e outros dispositivos móveis. Essa tendência é confirmada na mesma pesquisa, que mostra um aumento de acessos via dispositivos móveis, e uma queda via desktops.

03- SEO + Mobilegeddon

Google passa a ‘esconder’ sites descalibrados com o mundo móvel. A nova atualização do Google, que entrou no ar em 21/04/2015, é o que os especialistas em SEO estão chamando de Mobilegeddon (união das palavras Mobile + Armageddon), que pretende botar as páginas que não são amigáveis a celulares e dispositivos móveis para as últimas posições no buscador.

04- Aumentar a velocidade da página

Uma das recomendações do Google é que o conteúdo no dispositivo móvel seja carregado em menos de 1 segundo. E o carregamento completo da página em menos de 2 segundos.

Um site responsivo já é mais leve e otimizado para os dispositivos móveis, e por isso é carregado mais rapidamente do que uma versão desktop.

05- Diminuir a taxa de rejeição

Se a taxa de rejeição estiver muito alta, pode ser interpretada pelo Google como sinal de que o conteúdo não é relevante.

Estude seu negócio, pois os dispositivos móveis estão aí para ficar.

Leave a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.